quinta-feira, 12 de agosto de 2010


O amor não é senão o desejo; e assim, o desejo é o princípio original de que todas as nossas paixões decorrem, como os riachos da sua origem; por isso, sempre que o desejo de um objecto se acende nos nossos corações, pomo-nos a persegui-lo e a procurá-lo e somos levados a mil desordens.

Um comentário:

  1. ADOOOOOOOOOOOOOOOOOROOOOOOOOOOOOOO ESSE BLOG... BEIJOS DEUSAS!!!

    ResponderExcluir