quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

MAÇÃS


Há maçãs que só apetece trincar.
Há maçãs que nos fazem água na boca,
vermelhas, brilhantes e depois... sabem a nada.
Há maçãs feias e sem cor, que mais apetece deitar ao lixo,
mas que, quando acabam, obrigam quase a morder os lábios...
Todas elas representam, desde sempre, o pecado,
em todas as suas formas, texturas, cores e sabores.
Depois de muitas maçãs - algumas descascadas a rigor,
outras mordidas sem dó nem piedade - nós, três Evas de muitos desejos,
decidimos partilhar com o mundo a nossa aventura
pelas tentações do dia-a-dia: homens, sapatos, jóias, amor...
e todos os outros vícios mais ou menos confessáveis.
E porque há também maçãs podres...
fica o aviso: aqui chora-se, ri-se e vive-se em pecado.
O nosso vizinho do lado.

2 comentários:

  1. belo texto, adoro seu blog, ótimo final de semana pra ti, bjs!

    ResponderExcluir
  2. muito bom o seu blog...

    ja estou te seguindo...

    bjos

    ResponderExcluir